‘Tetris Blitz’ traz ritmo acelerado ao game clássico

image_pdfimage_print

 

Game indica locais para encaixar as peças no menor tempo possível. Jogo gratuito usa itens especiais e usa Facebook para criar ranking.

tetris

O game de quebra-cabeças “Tetris” é um dos mais populares de todos os tempos, estando presente em todas as plataformas, dos videogames aos smartphones, passando por portáteis e por minigames “xing-ling” desde sua criação em 1984 pelo russo Alexey Pajitnov.

Nas mãos da Electronic Arts, o jogo tenta ganhar um ar mais moderno e com um ritmo mais acelerado, focando em conseguir o máximo de pontos dentro do tempo estabelecido – e compartilhar tudo com os seus amigos no Facebook. “Tetris Blitz” traz este novo esquema de jogo aliado com poderes especiais e o modo “Frenzy”, que duplica a quantidade de pontos ao limpar as linhas em cascata.

“Tetris Blitz” é gratuito e tem versões para smartphones e tablets do sistema iOS (clique aqui para baixar) e Android (clique aqui).

A mecânica clássica continua a mesma: o jogador deve encaixar as peças de diferentes formatos a fim de preencher uma linha de canto a canto na tela, o que a fará sumir e, desse modo, dar pontos. A diferença é que “Tetris Blitz” é mais ágil e exige que o jogador pense rapidamente. Quando a pecinha aparece no topo da tela, o jogador pode simplesmente tocar nas áreas indicadas – os locais onde elas podem ser encaixadas – para que elas caiam diretamente ali.

Não é mais necessário movê-la para o local desejado, já que as opções de encaixe aparecem na tela.

Este novo esquema torna o game mais ágil – e viciante – e permite que as peças sejam encaixadas mais rapidamente, o que permite fazer o maior número de pontos dentro do tempo limite, que geralmente fica em torno de dois minutos. Nas fases iniciais, o jogo parece mais fácil ao saber os locais onde é possível encaixar as peças. Mas avançando, a dificuldade aumenta, com menos espaço para fazer com que todas as formas se encaixem e façam as linhas desaparecerem.

Itens especiais como lasers, ímãs e terremotos ajudam na missão de conseguir mais pontos do que o amigo no menor tempo possível. Ao encaixar peças especiais e elas fazerem as linhas desaparecerem, seu efeito aparece: o ímã puxa tudo para um dos lados da tela enquanto o laser “corta” linhas adicionais, permitindo que combos – sequências diretas – de linhas sejam consumidas e a pontuação seja duplicada.

Embora seja gratuito, o jogador ganha um dinheiro virtual limitado. Para obter mais destes itens e outros recursos extras, será necessário desembolsar uma determinada quantia em dinheiro “real”. Mas, mesmo sem gastar um centavo, quem gosta de desafiar amigos conseguindo mais pontos conseguirá se divertir com “Tetris Blitz”.

Fonte: G1