Onde Fui Roubado: site produz mapa coletivo de combate ao crime

image_pdfimage_print

onde_fui_roubado

Modelos de construção coletiva, como o crowdsourcing, não funcionam apenas quando o assunto é financiar um projeto. Quando bem empregado, esse tipo de recurso pode constituir uma boafonte de informação sobre um local ou tema de interesse público – como acontece na Wikipedia, por exemplo. Um bom exemplo bem brasileiro nesse segundo segmento é o site Onde Fui Roubadoplataforma colaborativa que reúne dados sobre crimes realizados em várias cidades doBrasil.

Onde-fui-roubado-BH
Mapa mostra ocorrências em Belo Horizonte.

No site, a população denuncia de forma anônima crimes como furtoassalto à mão armada,sequestro relâmpagoroubo de lojas, casas, veículos e saidinhas bancárias. Cada ocorrência é registrada com dados como endereço e mapa da localizaçãotipo e data do crimeobjetos roubados e uma breve descrição do fato – o que colabora para a criação de um painel deestatísticas do crime em cada localidade (com informações como o índice de pessoas que registraram boletim de ocorrência ou o gênero sexual mais frequente entre as vítimas).

onde-fui-roubado-SP
Aqui, as ocorrências são em São Paulo.

Para aumentar o efeito da prevenção, as denúncias também podem sem compartilhadas com amigos nas redes sociais Facebook, Twitter e Google +. Particularmente, ainda que o número deregistros de denúncias na plataforma ainda seja relativamente baixo, fiquei impressionado pela facilidade com que a ferramenta permite aos usuários verificar quais os tipos de crimes mais comuns em um bairro, por exemplo.

Tomara que o serviço deslanche, pois pode se tornar algo ainda mais útil e interessante. Vai lá conferir.

Fonte: SUPERINTERESSANTE