Empresas buscam profissionais de TI em outros estados

image_pdfimage_print

Saída para as empresas encontrarem mão de obra qualificada e para profissionais encontrarem boas oportunidades pode estar na mudança de estado.

computador com gráfico na tela

 Empresa francesa Atos inaugurou centro no PR para absorver novos talentos na região

 

Um estudo realizado pela Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) mostra que a mudança de estado pode trazer mais chances para os profissionais na carreira de TI.

De acordo com os dados da pesquisa, em São Paulo a projeção para abertura de vagas na área em 2014 é de 50 mil, enquanto o número de profissionais formados é de apenas 15 mil. Em contrapartida, na Bahia há cerca de 1.300 graduados para 800 vagas.

Por isso, a saída para as empresas encontrarem mão de obra qualificada e para profissionais encontrarem boas oportunidades pode estar na mudança de estado.

É o caso da empresa de serviços de tecnologia francesa, Atos, que inaugurou um novo centro de operações em Londrina, no Paraná, com a intenção de absorver novos talentos na região.

Em 2010, a projeção de vagas na região era de 2 mil, enquanto havia apenas 1.900 formados na área. Para este ano, a Brasscom já prevê 2 mil graduados para 5 mil posições.

Hoje a empresa tem 46 vagas abertas nas áreas de Telecomunicações, Segurança, SAP, Servidores, Banco de dados, Telefonia, Redes, Suporte e Monitoring.

Ainda de acordo com o estudo da Brasscom, 78 mil vagas devem ser abertas no país este ano, mas boa parte não deverá ser preenchida, já que a projeção é de que faltem 45 mil profissionais em 2014.

Fonte: EXAME