Conheça o Kiddle, o “Google” feito especialmente para crianças

image_pdfimage_print

As crianças de hoje em dia estão cada vez mais conectadas e tem iniciado o uso de dispositivos como computadores, tablets e celulares cada vez mais precocemente. Isso é bom por um lado, pois a criança já vai crescendo e se desenvolvendo dentro da tecnologia e tem acesso cada vez mais fácil às informações. O lado negativo é que, apesar de ter acesso a muito conteúdo importante para seu desenvolvimento, elas também tem acesso a material nada recomendados para o público infantil.

Pensando nisso, o Google Safe Search lançou o Kiddle.co, um “Google” feito especialmente para crianças. A proposta principal da ferramenta de busca é bloquear conteúdos impróprios para o público infantil. Além disso, há outras características que diferenciam o Kiddle:

  • Safe search: utiliza a tecnologia SafeSearch, com filtros manuais. Apesar do Google afirmar que o SafeSearch não é totalmente preciso, ele ajuda a bloquear várias páginas de conteúdo adulto. Os sites infantis e outros sites com linguagem mais acessível a crianças, além de sites mais confiáveis, têm preferência na pesquisa, aparecendo no topo. Quando um termo inadequado é pesquisado, o simpático robozinho aparece na tela e a busca não gera resultados. A página bloqueia termos considerados inadequados, como “nudes” e conteúdos de violência. Um exemplo prático: toda vez que seu filho fizer uma busca com o nome de um artista, o Kiddle vai apresentar apenas os resultados de notícias e imagens que não se relacionem com o que é relacionado a “maus comportamentos”, como nudes, drogas, violência etc. 

  • Modelo cheio de cores e imagens miniatura (thumbnails) em tamanho maior: com um modelo cheio de cores, a interface se torna mais atraente aos olhares dos pequenos. Além disso, a maioria dos resultados da busca do Kiddle são ilustradas com thumbnails maiores, o que torna mais fácil a visualização. Thumbnails servem como dicas visuais sobre o conteúdo e são especialmente interessantes para crianças, já que elas não leem tão rápido quanto adultos.

  • Fontes maiores: os resultados são exibidos em fonte Arial grande, o que facilita a leitura por parte das crianças.

  • Privacidade: não são coletados dados pessoais e os logs são excluídos a cada 24 horas. Recomenda-se ler a declaração de privacidade.

O Google Kiddle é uma verdadeira mão na roda para os pais que não querem que seus filhos acessem determinados conteúdos. Vale a pena conhecer e divulgar!

Gostou do artigo de hoje? Deixe seu comentário, crítica ou sugestão abaixo.