As 11 cidades mais caras para comprar cerveja, incluindo Rio

image_pdfimage_print

Em Oslo, uma garrafinha de cerveja com 330 ml sai por mais de 10 reais, quase o dobro do preço no Rio de Janeiro e em Estocolmo, na Suécia.

 

Em Oslo, quem gosta de tomar uma cerveja no final do expediente precisa estar disposto a desembolsar uma quantia considerável.

Uma cerveja de 330 ml custa em média R$ 10,69 no supermercado, o maior valor entre 40 cidades do mundo pesquisadas pela GoEuro, uma ferramenta online de viagens.

A Noruega controla de forma rígida o comércio de álcool. Cervejas estão disponíveis em supermercados, mas com limite de dias e

horários, enquanto bebidas com teor mais alto só podem ser compradas em uma rede estatal. Em domingos e feriados, nem pensar.

O Rio entrou em 9º no ranking, uma presença que “pode surpreender, mas reflete o custo de vida em ascensão rápida no Brasil”, de acordo com os autores do levantamento.Veja a seguir quais são as outras cidades do mundo com a cerveja mais cara e qual é o preço médio de uma garrafinha de 330ml em uma rede de supermercados de baixo padrão com base em marcas internacionais e no mínimo uma grande marca local. Os preços em libras foram convertidos para o real:

1. Oslo, Noruega: R$ 10,69

Pedestres em Oslo, na Noruega

2. Zurique, Suíça: R$ 9,16

Bondinho em Zurique, na Suíça

 

3. Tóquio, Japão: R$ 9,12

Japão

4. Tel-Aviv, Israel: R$ 7,15

Trabalhadores bebem em Tel-Aviv, em Israel

 

5. Londres, Reino Unido: R$ 6,40

O pub The George Tavern em Londres, no Reino Unido

6. Kuala Lumpur, Malásia: R$ 5,92

Vista aérea de Kuala Lumpur, na Malásia

7. Sydney, Austrália: R$ 5,88

Sydney, na Austrália

8. Singapura: R$ 5,77

Mulher em Singapura

9. Hong Kong: R$ 5,55

Rua e lojistas em Hong Kong, China, vista de cima

10. Rio de Janeiro, Brasil: R$ 5,17

Vendedor ambulante no Rio de Janeiro

11. Estocolmo, Suécia: R$ 5,10

Praça em Estocolmo, na Suécia

 

 

Fonte; EXAME